Brasileiro entrou com recurso para anular o resultado. Paul Felder acredita que vencer e se colocou à disposição para um novo duelo.

No último sábado (07), o irlandês Paul Felder e o brasileiro Edson Barboza fizeram o co-main event do UFC 242 que foi realizado em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, essa, que foi a segunda luta entre os dois na história.

No primeiro encontro entre os dois, em Julho de 2015, no card do UFC On FOX 16, vitória incontestável de Edson Barboza por decisão unânime dos árbitros laterais, já no segundo encontro, vitória absolutamente constestável de Paul Felder, fazendo com que o brasileiro entrasse com um recurso para tentar anular o resultado, porém, parece, que, essa história terá um final mesmo dentro do octógono.

Na última quarta-feira (11), Paul Felder foi até suas redes sociais e pronunciou-se publicamente oferecendo mais um duelo para Edson Barboza, desde, que, o embate fosse de 5 rounds, ou seja, uma luta principal de algum evento futuro.

“Se nós precisarmos lutar de novo, eu o faria feliz, mas esta trilogia precisa ter cinco rounds, porque alguém estava para ceder, e esse alguém não era eu. Se os fãs e o Edson precisam de um desfecho claro, então ou é evento principal ou nada”, disparou o irlandês.

Em entrevista ao ‘Combate.com’, Edson Barboza aceitou encarar novamente o irlandês, até mesmo, se a luta acontecesse na semana que vem.

“Claro (que aceito outra luta)! Por que não? Já lutei com ele duas vezes, já ganhei dele duas vezes, seria ótimo ganhar dele mais uma vez. Para lutar com o Paul, não importa, qualquer dia que o UFC me botar para lutar com ele, eu vou estar pronto. Mês que vem, outubro, novembro, dezembro, no máximo até dezembro. Quando for, eu estou pronto. Se quiser me botar semana que vem, eu estou pronto para lutar com o Paul de novo.”

“Até o Paul acho que sabe que eu ganhei. Tenho certeza que ele não está feliz com essa situação, que ele não está confortável com essa galera mandando mensagem para ele falando que eu venci a luta, que a luta foi roubada, eu tenho certeza! Até porque o Paul é um grande lutador, é um cara sangue bom, eu tive a oportunidade de passar alguns camps, treinar junto com ele, conversar com ele. Ele é homem, um grande lutador, tenho certeza que ele não está feliz, não está confortável com essa situação agora “, respondeu o brasileiro.

____
Make sure to follow The Scrap News (@thescrapnews) on Twitter.
Follow Dario Ferrari (@darioferrariMMA), a competitor on Season 2 of The Ultimate Writer.



Privacy Preference Center

%d bloggers like this: